Família Magro
Genealogia da família Magro e de outras que a ela estão ligadas; Fraga Lamares, Moura Bessa, Borges de Araújo, Pinho Valente, Silva Vernetti, etc.



DETALHES
António Manuel Cerqueira Magro


Médico
Proprietário do Sanatório do Seixoso

- Dados biográficos / Fotos -

Segunda-feira, 28 de Julho de 2008

A Casa do Seixoso
Este pequeno texto pretende levá-los a ter muita vontade de conhecer e a desfrutar de um dos locais de referência do concelho de Felgueiras, a Casa do Seixoso que até sanatório já foi...Eis um pouco da história da nossa Família...
Fernando A Cerqueira Magro
(in "http://cmagro.blogspot.pt/)

"O Seixoso é um Edifício de grande envergadura, rodeado por enormes pinheirais e velhíssimos eucaliptos, construído no século passado para sanatório. Em 1904 um pavoroso incêndio destruiu-o parcialmente. O seu proprietário, Dr. António Cerqueira Magro, mandou-o reconstruir não para continuar como sanatório, mas para Estância de Repouso. Tinha como médico permanente o distinto Dr. Eduardo Freitas, natural e residente na Lixa na Casa da Prelada. Depois da sua morte sucedeu-lhe o Dr. Manuel Cerqueira.

Pela sua mesa, pelos seus belos ares, pelo seu sossego e pela maneira lhana como os seus hóspedes eram tratados, o Seixoso que só funcionava de Maio a Outubro, tinha grande afluência de hóspedes. Por lá passaram Condes, Marquesas, Generais, Médicos, etc... Gente rica, não só portugueses como estrangeiros, passava as suas férias no Seixoso! Nesses seis meses, o Dr. Cerqueira Magro dava esta estância à exploração a duas senhoras de Matosinhos - a D. Eulália e a D. Ritinha.

Porque havia muitas raparigas ao serviço do hotel, os rapazes da Lixa passavam lá as tardes domingueiras. Alguns, munidos de instrumentos musicais, originavam danças e cantares populares, fazendo a delícia dos comensais.

Desses encontros resultaram alguns casamentos, entre os quais o de meus pais, o D. José d'Avilez, etc...

Entre 1934 e 1935, por morte das duas senhoras e do Dr. Cerqueira Magro, a exploração do hotel ficou a cargo do genro do proprietário, o Sr. Ferreira, acabando em breve por falecimento deste.

O Seixoso é hoje propriedade dos netos do Dr. Cerqueira Magro, (entre os quais o Professor Dr. Fernando Cerqueira Magro, médico e professor na Universidade do Porto), família bastante numerosa que o utiliza para passar férias bem como alguns fins-de-semana. Dos anos 20 até aos anos 30, o Dr. Cerqueira Magro, sabedor profundo da pureza e qualidade diurética da água do Juvêncio, pô-la à venda em garrafas e garrafões, sendo comercializada não só no mercado nacional mas também no estrangeiro. Na verdade, a Fonte Juvêncio, que ainda hoje existe, fornece uma água maravilhosa, abastecendo muitos "clientes" que ao Seixoso a vão buscar, sem que o seu actual proprietário (Prof. Dr. Cerqueira Magro) lhes leve nada por isso...

Carlos Coelho
(in "Revista das Vitórias 2000")


Nos primeiros dias de Julho de 1905 convidou - o Dr. Cerqueira Magro - a Imprensa da cidade do Porto a ir visitar o seu Sanatório. Sobre esse acontecimento refere o jornal "O Primeiro de Janeiro" o seguinte:

"Os jornalistas saíram pela manhã nos carros dos conhecidos desportistas José Saraiva e Benedito Ferreirinha. A velocidade foi alucinante, rondou os cinquenta quilómetros em pouco mais de quatro horas de corrida do Porto ao magnifico Alto do Seixoso, onde foram recebidos pelo proprietário do Sanatório Dr.Cerqueira Magro e pelo director clínico Dr.João Ferreira.

A todos impressionou o asseio e a limpeza da Instância para além da maravilhosa vista do Marão. Quem desejar visitar o Sanatório deverá apanhar o comboio em S.Bento e desembarcar na estação de Caíde, que logo ali terá um landau de transporte ao Sanatório.."

(Fernando Magro - 2012)
VOLTAR

sites/blogues de familiares

Jorge Martins João Paulo Lamares Alberto Jorge Rogério Magro Pedro Lamares

Os meus outros sites e blogues:
Os Magros do capim
Agricultura Abiliológica
Akademia do garfo & faca
Guanabara F.C.
Aldra Beer - Cerveja Artesanal
Jornal de Tretas

Abílio Magro – Genealogia ©
Theme designed by a.magro
Abril - 2019